Notícias

Renováveis

Relatório aponta crescimento da energia solar no mundo em 2015

23/06/2016

Por: Redação TN / Agência Ambiente Energia

Relatório da Petroleira britânica BP aponta que a energia solar é a fonte que cresce mais rápido. O estudo apontou que, em 2015, o número mundial de painéis solares gerou um terço a mais de eletricidade do que no ano anterior. O 65º relatório estatístico sobre energia mundial da BP avaliou que geração de energia fotovoltaica cresceu 33% no ano passado, com a China superando os Estados Unidos e a Alemanha como maior gerador. A produção de energia solar aumentou mais de 60 vezes em dez anos, dobrando a capacidade a cada 20 meses.


Renováveis

Renova cancela contrato para instalação de usinas eólicas

23/06/2016


Por: Redação TN / Agência Ambiente Energia

Em comunicado ao mercado, a Renova Energia informou que cancelou um contrato de venda de energia que havia assinado junto à Cemig para fornecimento a partir de janeiro de 2019. O acordo demandaria a instalação de 25 usinas eólicas em Jacobina, na Bahia, em um total de 676,2 megawatts em capacidade instalada. Segundo a Renova Energia, a crise em voga no país tem contribuído com que a empresa tenha dificuldades para tocar elevados investimentos em projetos eólicos já contratados, em meio à recessão e às elevadas taxas de juros.

Renováveis

Fábrica portuguesa é movida 100% a energia solar

23/06/2016


Por: Redação TN / Agência Ambiente Energia

Planejamento e eficiência energética são dois fatores importantes para empresas que querem diminuir os custos em energia. Em Portugal, a Wood One, empresa de mobiliário hospitalar e de escritório, resolveu apostar na sustentabilidade, e hoje se gaba de aumentar salários sem que os funcionários o peçam. A empresa resolveu investir na diminuição da conta de luz, que antes era de cerca de 7 mil euros mensais, através da compra 1485 painéis solares capazes de produzir, cada um, 400 quilowatts por hora. 

Energia

Usina nuclear Angra I ficará 37 dias desligada

23/06/2016


Por: Redação TN / Agência Brasil

A usina nuclear Angra 1 foi desconectada do Sistema Interligado Nacional (SIN) à 0h do último sábado (18/6), para ser reabastecida. O procedimento, considerado uma parada programada, deve interromper a produção da unidade por 37 dias. Esse tipo de parada para reabastecimento ocorre anualmente e, neste ano, foi programado levando em conta os Jogos Olímpicos e Paralímpícos do Rio. As competições acontecem entre agosto e setembro, quando Angra 1 já terá retomado a produção de energia elétrica.

Renováveis

Canadian Solar irá investir R$ 2,3 bi em projetos de energia solar no Brasil

23/06/2016


Por: Redação TN / Assessoria de imprensa

A Canadian Solar, uma das maiores empresas globais no segmento de energias renováveis, anunciou na última sexta-feira, 17 de junho, em evento que contou com a participação do Subsecretário de Energias Renováveis da Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo, Antonio Celso de Abreu, o investimento de R$ 2,3 bilhões em projetos de fabricação e geração de energia solar fotovoltaica no Brasil.

Carros sustentáveis

Valor de mercado e falta de incentivo barram crescimento de veículos elétricos no Brasil

23/06/2016


Por: Redação TN / Agência Ambiente Energia

Com todo potencial para produção de energia limpa e renovável o Brasil ainda precisa de um empurrão no quesito sustentabilidade. Apesar das inúmeras obras – concluídas, em andamento e planejadas – de parques e usinas de energia renovável, o país ainda fica atrás quando o assunto é mobilidade sustentável. Apesar dos benefícios dos carros híbridos e elétricos para o meio ambiente, o seu valor de mercado, freia as vendas e faz o bolso dos brasileiros pesar na hora de decidir por um novo veículo. Os mais de 20 modelos desses veículos vendidos no país não saem por menos de R$ 120 mil, sendo que poderiam custar menos que a metade do preço se aplicada uma política de impostos competitiva.

Pesquisa

Bactérias poderão produzir plástico biodegradável a partir do metano

23/06/2016


Por: Redação TN / Jornal da USP

O Centro de Pesquisa para Inovação em Gás Natural (Research Centre for Gas Innovation – RCGI), com sede na Escola Politécnica (Poli) da USP, vem desenvolvendo, desde o ano passado, pesquisas em parceria com instituições do Brasil e do exterior. Em uma dessas iniciativas, a bióloga Elen Aquino Perpétuo, professora da Unifesp – Campus Baixada Santista, e uma equipe de oito pesquisadores pretendem, com o uso de microrganismos, transformar o metano (CH4), contido no gás natural, em PHB – um plástico de alto valor agregado. Este é um dos objetivos do projeto de Bioconversão do Metano, já iniciado pelo RCGI. De acordo com a bióloga, que coordena o projeto, o objetivo é estabelecer uma rota diferente da química para transformar o metano.

Ciência

Descoberto sítio arqueológico de 11 mil anos no interior de SP

23/06/2016


Por: Redação TN / Marcia Avanza, Rádio USP

Um trabalho de escavações para obtenção de licença ambiental para que a Usina Açucareira de São Manuel, no interior de São Paulo, pudesse ampliar sua área de cultivo encontrou vestígios arqueológicos de 11 mil anos. A descoberta do sítio arqueológico traz novos dados sobre a ocupação da América pelos primeiros humanos. Paulo Zanettini, do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, responsável pelas escavações, conversou com a repórter Marcia Avanza, da Rádio USP, sobre o achado. Segundo ele, eram grupos de caçadores que habitavam a região em razão da riqueza do solo e da hidrografia. Os objetos encontrados têm alto grau de preservação e indicam a existência de uma oficina de ferramentas no local. Ouça a entrevista.

Ciência

Astrônomos brasileiros observam explosões solares em frequências inéditas

23/06/2016


Por: Redação TN / Elton Alisson, Agência FAPESP

Pesquisadores do Centro de Radioastronomia e Astrofísica Mackenzie (CRAAM), da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), em colaboração com colegas do Brasil e do exterior, conseguiram fazer a primeira observação de explosões solares nas frequências de 3 e 7 terahertz (THz). O anúncio foi feito durante a Reunião Anual da Divisão de Física Solar da American Astronomical Society, realizada entre os dias 31 de maio e 3 de junho em Boulder, no Colorado, nos Estados Unidos.

Questão de tempo

Degelo não desliga corrente do Golfo

22/06/2016


Por: Redação TN / Claudio Angelo, Observatório do Clima

Uma boa notícia no front climático, para variar: um grupo de cientistas afirmou nesta segunda-feira que ainda não é possível detectar sinais da mão do homem num dos efeitos potencialmente mais catastróficos do aquecimento global – o resfriamento global. Os pesquisadores dizem que o degelo da Groenlândia das últimas décadas ainda não foi capaz de lançar água doce o bastante sobre o Atlântico Norte para enfraquecer um sistema de correntes marinhas responsável por transportar calor dos trópicos para a Europa. No entanto, alertam que isso é uma questão de tempo: a persistirem as taxas atuais de degelo, antes do meio do século essa circulação oceânica poderá ser impactada.

Notícias Anteriores



Caderno de Sustentabilidade



Caderno de Sustentabilidade

Download

Twitter-logo Siga no Twitter!

Facebook_icon Siga no Facebook!

Busca:









Parceiros